Grupo Editorial Novo Conceito: Livro com gostinho de série de TV

 

Livro com gostinho de série de TV

Editora Novo Conceito dá visibilidade nacional à primeira obra de autora alagoana independente, que conta a história de uma mulher à frente de seu tempo, que supera conflitos culturais e religiosos em busca de liberdade e amor.

Nas Montanhas do Marrocos, romance da autora Luisa Bérard, é um daqueles livros que poderiam perfeitamente virar série de TV. Intenso, dinâmico e surpreendente, tem todos os ingredientes necessários para manter o telespectador preso na história do primeiro ao último episódio. Mas, como não é série, é livro, cumpre com maestria sua missão de segurar o leitor da primeira à última página.

Tem protagonista feminina, bela e forte;

Tem o requinte da Inglaterra vitoriana contrastando com o misticismo do Marrocos;

Tem lindos campos, castelos, deserto e mesquitas;

Príncipes, princesas, duques e outros títulos da realeza...

Tem ação, tem aventura, tem segredos, encontros e desencontros.

Tem reviravoltas e tem amores: possíveis e impossíveis.

Com uma narrativa leve e deliciosamente descritiva, que faz com que o leitor dê vida à história em sua própria mente, o romance é cuidadosamente construído dentro de um contexto histórico preciso e coerente, que traz realismo aos fatos e conquista a cumplicidade do leitor durante a leitura.

O romance de estreia da alagoana Luisa Berard tem como protagonista lady Katherine Hartington, uma jovem de 18 anos, representante da nobreza inglesa do século XIX, que se vê envolvida em dilemas culturais da religião islâmica que ameaçam mudar o rumo de sua história.

A forma criativa e bem estruturada com que a autora desenvolve o texto não deixa nada a desejar às obras de grandes best-sellers internacionais do gênero romântico histórico.

Ao longo de 560 páginas muito bem encadeadas, o leitor acompanha situações-limite da personagem, que fazem com que suas inquietações, ambições, desejos, amores e medos se transformem em coragem e atitude para transgredir regras da época e de culturas envolvidas e alterar uma história que já estava prevista para traçar seu próprio destino.

Sobre a autora

Luisa Bérard é alagoana, vive em Recife e tem 42 anos. Trabalhou como advogada até descobrir seu talento para a literatura. Depois de uma conversa com sua irmã Teresa, durante as festas de fim de ano, tomou coragem e decidiu passar para o papel toda aquela história que já habitava sua mente há tempos.

Em 2018, afastou-se da advocacia para dedicar-se à autopublicação e divulgação de seu primeiro trabalho. Vendeu em esquema independente mais de 2 mil livros impressos.

A obra ganha projeção nacional com seu relançamento, em novembro deste ano, pela Editora Novo Conceito, uma das maiores editoras de romance de ficção do país, com mais de 380 títulos publicados.